Siga-nos nas Redes Sociais

Solidariedade Social

Algumas das nossas ações de Filantropia

“A solidariedade é algo que espiritualmente nos transcende e como tal deverá estar acima de tudo, inclusive de nós próprios. 
É estar presente nos momentos certos e incertos, dar um sorriso, um generoso gesto de carinho, um sincero gesto de amor… ou simplesmente estender a mão amiga a quem de nós precisa!
Não é nada que não saibamos, mas que é preciso praticar no dia-a-dia e não somente em dias especiais, preocupando-nos com aqueles que pouco ou nada têm, sobretudo com crianças e idosos.”
César Gomes de Pina

 

Banco Alimentar Academia Bacalhau Porto

Banco Alimentar Academia Bacalhau Porto

As acções de filantropia, inerentes ao espírito da Academia do Bacalhau do Porto, multiplicam-se e geram correntes de solidariedade entre todos os Compadres. Sempre atenta às dificuldades dos portugueses, a Academia do Bacalhau do Porto não poupa meios nem esforços para atender em todas as áreas e aos que solicitam qualquer ajuda, pois “o mais pobre dos pobres é ainda aquele que não tem nada para dar… nem uma palavra… nem um sorriso… nem uma réstia de esperança ou um simples olhar a quem precisa”.

Por todas estas razões e muitas mais a Academia do Bacalhau do Porto diz em alto e bom som: presente, e a todos lembra que é sempre possível estender a mão ao vizinho, encher de amor um coração vazio, ajudar a fazer desta vida uma linda canção de poesia, bem como afirmar como estão equivocados todos aqueles que pensam que deixam de se apaixonar quando envelhecem, sem saberem que somente envelhecem quando deixam de se apaixonar. Dar um pouco de si a quem nada tem faz a diferença e esta é a mensagem que se deve guardar no coração para o resto da vida, com a energia do Amor que tão significativamente encerra. Esta é pois a verdadeira razão de ser da Academia do Bacalhau do Porto que ao longo da sua vida tem percorrido, com uma saudável teimosia, uma longa cruzada de solidariedade junto de pessoas, famílias e instituições sociais e culturais mais cadenciadas. E a Academia do Bacalhau do Porto mais não faz… porque não pode… mas

citando Teresa de Calcutá,

“Eu sei que o meu trabalho é uma gota no oceano… mas sem ele o oceano seria menor”.

 

E aqui ficam algumas gotas…
  • Casa do Gaiato em Paços de Sousa e Maputo
  • Aldeias SOS
  • Liga dos Amigos do Hospital Santo António do Porto
  • Liga dos Amigos Contra o Cancro
  • Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
  • Campanha do Jornal de Notícias “Todo o Homem é Meu Irmão”
  • Campanha “Emergência Moçambique”
  • Campanha para as vítimas do terramoto nos Açores
  • Casa do Caminho – Instituição de recolha de crianças abandonadas
  • Associação Nacional de Combate à Pobreza
  • Associação Rumo da Criança
  • Cooperativa Sol Maior
  • Caritas Diocesana do Porto
  • A.M.I.
  • Obra Diocesana de Acção Social do Porto
  • Lar Juvenil dos Carvalhos
  • Lares da Terceira Idade
  • Raríssimas – Associação Nacional de Doenças Mentais e Raras
  • Ajudaris – Instituição Particular de Solidariedade Social
  • Sociedade Filarmónica de Crestuma
  • Oferta de alguns equipamentos a clubes desportivos
  • Aquisição de livros escolares, brinquedos, roupas e artigos de higiene.
  • Bolsas de estudo
  • Cadeiras para paraplégicos
  • Prémios Camonianos para alunos do ensino secundário e universitário
  • Equipamentos informáticos para os Serviços de Cardiologia do Hospital de Gaia
  • Angariação de fundos para a “Operação Amílcar”
  • Criação do Banco Alimentar “Academia do Bacalhau do Porto”
Voltar